domingo, 19 de agosto de 2012

Cinquenta Tons de Cinza – E. L. James

Cinquenta Tons de Cinza, de E. L. James, publicado pela Editora Intrínseca.

"Beije-me, droga!  Imploro a ele, mas não consigo me mexer. Estou paralizada, com  uma necessidade estranha e desconhecida, totalmente encantada por ele. Fito a boca de Christian Grey, extasiada, e ele está olhando para mim, as pálpebras caídas, os olhos ficando sombrios". 
(pág. 49)

Sinopse: "Quando Anastasia Steele entrevista o jovem empresário Christian Grey, descobre nele um homem atraente, brilhante e profundamente dominador. Ingênua e inocente, Ana se surpreende ao perceber que, a despeito da enigmática reserva de Grey, está desesperadamente atraída por ele. Incapaz de resistir à beleza discreta, à timidez e ao espírito independente de Ana, Grey admite que também a deseja - mas em seus próprios termos. Chocada e ao mesmo tempo seduzida pelas estranhas preferências de Grey, Ana hesita. Por trás da fachada de sucesso - os negócios multinacionais, a vasta fortuna, a amada família -, Grey é um homem atormentado por demônios do passado e consumido pela necessidade de controle. Quando eles embarcam num apaixonado e sensual caso de amor, Ana não só descobre mais sobre seus próprios desejos, como também sobre os segredos obscuros que Grey tenta manter escondidos".  

Foi com grande surpresa e alívio que recebi a notícia de que a trilogia Cinquenta tons de cinza nasceu de uma fanfic da saga Crepúsculo. Surpresa, pois nunca poderia imaginar que Edward e Bella inspirariam uma fanfic com tamanho grau de sexualidade. E aliviada por que quando comecei a perceber a semelhança de certas características dos personagens, e até mesmo algumas frases de crepúsculo, eu estava realmente me desapontando. Mas, puxa, que alívio, pois apesar de sua origem E. L. James conseguiu fazer de Cinquenta Tons de Cinza algo completamente original e inesperado.

Tendo em consideração o sucesso do livro é quase dispensável dizer que o livro é viciante, e as cenas de sexo – seu ponto forte – te mantém sem nem mesmo piscar ou respirar! E. L. James consegue com um texto simples nos prender e nos envolver de uma forma inebriante.

Christian Grey é lindo e enigmático, mas completamente perturbado. O personagem despertou-me sentimentos contraditórios, algumas vezes amei de paixão suas atitudes, tão doce e atencioso que me fazia suspirar, mas por muitas vezes me assustou. Sério, no fim das contas não sabia de eu sentia pena ou inveja de de Anastasia! 

O livro é narrado por Anastasia e eu sempre gostei muito da narração em primeira pessoa, mas eu senti falta de saber o que os outros personagens estavam sentindo e pensando. Queria ter uma visão bem mais ampla da história e não apenas do que se passava com Anastasia, para assim entender um pouco mais do turbilhão de sentimentos que transpassavam pelo rosto de Christian Grey.

Queria também a opinião de quem leu o original, pois não quero ser injusta, mas comparando o livro com uma tradução de fã percebi uma pequena suavizada nos palavrões. Já que o livro é totalmente impróprio para menores mesmo, então manter-se fiel ao texto original não faria diferença. Mas posso estar totalmente errada, então não leve isso muito em conta.

Mas enfim, o livro é muito bom e com uma intensidade que vicia, eu quero mais agora! E você vai ficar de fora?


Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Todos os marcadores

Livros ( 110 ) receitas ( 25 ) Promoção ( 24 ) guloseimas ( 23 ) Novo Conceito ( 20 ) Variedades ( 18 ) Selinhos e mimos ( 17 ) lançamentos ( 16 ) Bobagens ( 14 ) Mensagens ( 13 ) Resultado de sorteio ( 13 ) Desafio Literário ( 10 ) Editora Planeta ( 8 ) Editora Arqueiro ( 6 ) Poesia ( 6 ) Circuito Novo Conceito ( 5 ) Uma resenha pra chamar de minha ( 5 ) divulgação ( 5 ) Filmes ( 4 ) L. J. Smith ( 4 ) Marian Keyes ( 4 ) Universo dos Livros ( 4 ) Editora Underworld ( 3 ) Jeff Lindsay ( 3 ) Lisa Mcmann ( 3 ) Meg Cabot ( 3 ) Nicholas Sparks ( 3 ) Nora Roberts ( 3 ) Régine Deforges ( 3 ) Stieg Larsson ( 3 ) Beth Fantaskey ( 2 ) Carole Matthews ( 2 ) Editora Essência ( 2 ) Editora Saída de Emergência ( 2 ) James Patterson ( 2 ) Jenna Black ( 2 ) Jodi Picoult ( 2 ) Novo Século ( 2 ) Portia da Costa ( 2 ) Rachel Gibson ( 2 ) Resenha ( 2 ) desabafo ( 2 ) Abbi Glines ( 1 ) Alicia Gallotti ( 1 ) Ally Carter ( 1 ) Anthony E. Zuiker ( 1 ) Audrey Niffenegger ( 1 ) Audrey Nixon ( 1 ) Barbara Delinsky ( 1 ) Becca Fitzpatrick ( 1 ) Bella Andre ( 1 ) Bernhard Schlink ( 1 ) Cecelia Ahern ( 1 ) Chelsea Cain ( 1 ) Christine Feehan ( 1 ) Christine M. ( 1 ) Chuck Hogan ( 1 ) Clarice Lispector ( 1 ) Colleen McCullough ( 1 ) Daniel Glattauer ( 1 ) David Gilmour ( 1 ) Duane Swierczynski ( 1 ) E. L. James ( 1 ) Editora Intrínseca ( 1 ) Editora Modo ( 1 ) Editora Multifoco ( 1 ) Elizabeth Chandler ( 1 ) Elizabeth Gilbert ( 1 ) Enderson Rafael ( 1 ) Estantes ( 1 ) Fern Michaels ( 1 ) Gabrielle Charbonnet ( 1 ) Galera Record ( 1 ) Guilhermo Del Toro ( 1 ) Howard Roughan ( 1 ) James A. Owen ( 1 ) Janaina Rico ( 1 ) Jane Austen ( 1 ) Janet Dailey ( 1 ) Jessica Spotswood ( 1 ) Jill Mansell ( 1 ) Joseph Ratzinger ( 1 ) Julia Donovan ( 1 ) Julie Garwood ( 1 ) Karyn Bosnak ( 1 ) Kiko Nogueira ( 1 ) Lauren Weisberger ( 1 ) Lilian Dorea ( 1 ) Marcelo Lima ( 1 ) Marco de Moraes ( 1 ) Maria Beaumont ( 1 ) Martha Argel ( 1 ) Nicole Jordan ( 1 ) Nina Malkin ( 1 ) Não ao plágio ( 1 ) Paolo Flores d'Arcais ( 1 ) Patrick deWitt ( 1 ) Primeiras Linhas ( 1 ) Prêmio Bang ( 1 ) Sara Fawkes ( 1 ) Sextante ( 1 ) Siobhan Vivian ( 1 ) Stacey Jay ( 1 ) Stephanie Perkins ( 1 ) Stephenie Meyer ( 1 ) Suma de Letras ( 1 ) Susan Wiggs ( 1 ) T. Greenwood; Livros ( 1 ) Toni Buzan ( 1 ) Vanessa de Cássia ( 1 ) Wendy Markham ( 1 ) cotidiano ( 1 ) e-books ( 1 ) hora do planeta ( 1 )

Direitos do leitor (Daniel Pennac)

1. O direito de não ler.

2. O direito de pular páginas

3. O direito de não terminar um livro.

4. O direito de reler.

5. O direito de ler qualquer coisa.

6. O direito ao bovarismo (doença textualmente transmissível).

7. O direito de ler em qualquer lugar.

8. O direito de ler uma frase aqui e outra ali.

9. O direito de ler em voz alta.

10. O direito de se calar.


Proteção contra plágio

Protected by CopyrightSpot

Plágio é crime! Tô de olha nas cópias!!

Registro das cópias.

Leve adiante...

"Se um dia os homens colocarem a paz, a amizade e a compreensão acima de tudo, qualquer lugar do mundo será um bom lugar." (autor desconhecido)







Leitores pelo mundo.

  © Livros, Bobagens e Guloseimas! - Desde 28 de julho de 2009 - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo